Lollapalooza-BrasilEsse final de semana foi marcado por shows no Lollapalooza, o festival de música anual composto por gêneros como rock alternativo, heavy metal, punk rock, bandas de hip hop e performances de comédia e danças. O festival foi criado em 1991 pelo cantor Perry Farrell (da banda Jane’s Addiction) e continuou anualmente até 1997. Apenas em 2003, o festival voltou. Em 2012, foi feita a primeira versão no Brasil e o festival foi um sucesso!

6

Nesse último final de semana aconteceu a segunda versão brasileira, mantendo seu sucesso e tradição.

Com todos os ingressos esgotados, não podíamos ficar de fora!

 

 

7

O primeiro dia do festival contou com um público de 52 mil pessoas, belas apresentações e pontualidade dos shows. Flaming Lips, Passion Pit, Cake, Crystal Castles, Of Monsters and Men estavam entre as atrações principais e comoveram a galera. A atração mais disputada foi The Killers, que fechou a noite com um batalhão de sucessos, grande apresentação e um público empolgado.

 

1

A segunda noite contou com a presença de The Black Keys, que levantou a platéia com seu rock n’ roll, Queens Of The Stone Age reuniu um público animado, Two Door Cinema Club e Franz Ferdinand fizeram grandes apresentações.

 

 

8O último dia do show era o mais aguardado pelo público. O festival começou ao som do Baia, que emocionou a plateia ao cantar Raul Seixas. A banda República estreou seu novo álbum oficialmente no Lollapalooza 2013. A apresentação da Sarah Messias foi uma atração linda, ela arrasou na gaita. Ao final do dia o público esquentava cada vez mais com as apresentações da banda Vanguart, The Hives, Hot Chip e Planet Hemp, que fez o público vibrar e mostraram que estão de volta!

 

5E para encerrar, a galera foi ao delírio com um show apoteótico do Pearl Jam. O show foi longo e a banda tocou um sucesso atrás do outro. E foi o show da noite! Que final!

Que venha o Lollapalooza 2014!
(Reserve sua agenda: 18, 19 e 20 de abril de 2014)

Compartilhe:

Vai viajar para o Santiago do Chile? Então confira nossas dicas!

A capital do Chile é limpa, moderna e eficiente. O centro ainda conserva prédios históricos, e tem muitas atrações turísticas. O bairro da Providencia, é a parte comercial da cidade. Já Las Condes possuem avenidas amplas e construções modernas. Ficamos 5 dias em Santiago e saímos com gostinho de “quero mais”, mas para uma primeira vez, acho que é bacana!

Onde Ficar em Santiago do Chile
Ficamos entre a Providencia e Las Condes, onde ficam diversos restaurantes (avenida Isidora Goyenechea), eu adorei! Mas se você quer turistar, o ideal é ficar no centro, escolha hotéis próximos das estações Universidad Católica e Baquedano do metrô.

Quando ir a Santiago do Chile
Santiago é um destino para o ano inteiro. Se você pretende pegar neve, vá entre julho e agosto.

Nos outros meses do ano, as temperaturas são mais amenas, mesmo tendo a sensação que Santiago sempre tem uma temperatura baixa. Em dezembro, o dia começa com uma média de 10°C e durante o dia a temperatura sobe e atinge os 30°C.

Quanto custa uma viagem para Santiago do Chile
A média de um almoço para duas pessoas foi de R$ 100,00 e no jantar por R$ 150,00 (sem luxo). Na hospedagem gastamos R$150,00/diária. Os museus custam uma média de R$ 15,00.

Outros custos (média): Transporte Público: R$3,00 metrô; Mc Donalds (Numero 1): R$18,00; Água: R$5,00; Sorvete: R$7,00

O que fazer em Santiago do Chile
Para o primeiro dia, eu indico o Turistik, um ônibus para ter uma visão geral da cidade e conhecer os principais pontos turísticos, como: Cerro San Cristóbal, La Chascona (casas-museu do poeta Pablo Neruda), Mercado Central, a cidade velha (onde ficam a Plaza de Armas, a Catedral Metropolitan, o Museu Histórico Nacional, Museu de Arte Pré-Colombiana e Palacio de la Moneda), Cerro Santa Lucía. Dá para fechar o dia no Alonso de Córdova ou no El Golf.

Se você for no inverno, dedique um ou dois dias para as montanhas.

Outro lugar para conhecer em Santiago são as cidades de  Valparaíso e Viña del Mar. A 140 km do centro de Santiago (120 km do aeroporto), estas essas duas cidades bem diferentes. Valparaíso é o porto mais pitoresco que eu conheci. Subir no alto da cidade e se perder nas ruas foi incrível! E Viña del Mar é o balneário bem clássico, como Punta del Leste ou Guarujá. Vá de ônibus, saindo do Terminal Alameda, de 20 em 20 minutos, por aprox. R$50,00 ida e volta. A viagem leva 1h30. Entre as cidades, pegue metrô. Eu ficaria lá por dois dias!

Dedique outro dia para visitar vinícolas, nós conhecemos a Concha y Toro. Não é a maior vinícola mas é a mais antiga da região. Ela é responsável pela fabricação diversos vinhos, entre elas Casillero del Diablo, super conhecido aqui no Brasil. É um passeio bem agradável e aborda a história da vinícola, as características dos vinhos, tipos de uvas e degustação de vinhos.

Como chegar na Concha y Toro: A vinícola fica localizada no município de Pirque, que pertence à região metropolitana de Santiago, mas está aproximadamente uma hora e meia do centro da cidade. Existem algumas maneiras de chegar lá:

1) Transporte Público: Pegar o metrô e ir até a estação Las Mercedes, a última da linha L4 – Azul. Depois pegar ônibus (Metrobus, linhas 73, 80 ou 81) até a vinícola. Se preferir, pegue um taxi ao sair do metrô.

2) Passeios: Diversas agências de turismo fazem o passeio até a vinícola, como a Turistik ou a Turistour.

3) Taxi ou Carro: Na vinícola existe um grande estacionamento. Você pode alugar um carro e dirigir até lá, mas na minha opinião, não é a melhor opção. Alem do transito, você vai fazer degustação de vinhos (Bebida + Direção, não combinam, certo?). A opção do taxi é legal!

O Tour: Há duas opções de tour: o tradicional Concha y Toro, que custa aproximadamente R$30 e o completo que custa aprox. R$70. Mas independente do tour desejado, é muito importante fazer uma reserva com antecedência no site oficial da vinícola. O tradicional dura 1 hora e possui duas degustações de vinho, enquanto o completo tem duração de 1h30 e conta com seis degustações de vinho. Ambos iniciam juntos e percorrem o mesmo roteiro dentro da propriedade, mas no final quem optou pelo completo vai para uma outra sala onde são feitas as outras degustações, conduzidas por um sommelier. O passeio é guiado em espanhol ou inglês.

Roteiro do Passeio: Os jardins da propriedade são lindos, com um grande lago. O passeio prossegue então até um grande vinhedo, onde são dadas explicações sobre as plantações de cada uva. Depois conhecemos os galpões climatizados onde estão armazenados centenas de barris, contendo todos os tipos de vinho tinto produzidos pela Concha y Toro. E por fim, a adegas subterrânea chamada de Casillero del Diablo, o mesmo nome de um dos vinhos mais conhecidos da vinícola. A adega e o vinho possuem este nome por causa de uma lenda. Que é contada de maneira bem interessante! Não vou contar, para não estragar a surpresa! E no fim do passeio, você sai com uma taça da vinícola.

IMG_0115IMG_0584 IMG_0630 IMG_0083 IMG_0813 IMG_0347

Compartilhe:

Alguns dos passeios mais interessantes da cidade de São Paulo estão no Centro e alguns dos mais deliciosos restaurante também estão no centrão! Por isso, listamos 11 opções de restaurantes e bares IMPERDÍVEIS. Se você ainda não conhece, aproveite!

Mercado Municipal
Não é novidade para ninguém que passear pelo Mercado Municipal de São Paulo é excelente para quem busca sabores e qualidade, são milhares de ingredientes finos – de lagostas a mortadelas – e alguns produtos até mesmo raros – como algumas frutas – distribuídas em barracas no galpão com mais de 12 mil metros quadrados. Alem disso, no andar superior, existem bons restaurantes. Aos sábados é válido apreciar a boa e velha feijoada. Para quem gosta de diversificar, a pedida é o sanduba de mortadela ou o pastel de bacalhau.

         mer-1 mer2 mer3

Horário de Funcionamento: Segunda a sábado, das 6 às 18 horas e aos Domingos e feriados, das 6 às 16 horas. Confira calendário de feriados do mercadão.
Localização: O Mercadão fica na Rua da Cantareira, 306, próximo à Rua 25 de Março e ao Parque Dom Pedro II.

Salve Jorge Bar
O lema do Bar Salve Jorge é oferecer a cidade de São Paulo um local agradável, de comida boa e cerveja gelada, com mistura de raças e crenças. E na filial do Centro isso acontece com certeza! Um local extremamente agradável. O Local serve almoços deliciosos, saborosos e honestos petiscos caseiros, cervejas super geladas no balde e o famoso chopinho cremoso.

         salve-jorge-centro1 salve-jorge-centro2 salve-jorge-centro3

Horário de Funcionamento: Segunda a Sexta, das 12h às 23h e aos sábados e Feriados, das 12h às 18h.
Localização: Praça Antônio Prado, 33 Centro (Bem proximo ao metro São Bento).

Girondino Café
O Café Girondino já foi um dos lugares preferidos dos barões do café e a burguesia. Hoje, o Café revive esse requinte do passado, com uma combinação perfeita entre gastronomia e cultura. Aos domingos, o café fica lotado de cristãos que frequentam o mosteiro São Bento. O local é ideal para um café da manhã, um almoço, uma sobremesa ou até mesmo um jantar! A vitrine de sobremesas é tentadora.

       cafe-girondino-2 girondino-cafe-1 girondino-cafe-3

Horário de Funcionamento: Segunda a Sexta-feira, das 7h30 as 22h30, Sábado das 8h as 20h e Domingos e feriados das 8h as 19h.
Localização: Rua Boa Vista 365 (Na frente do Mosteiro São Bento, ao lado do Metro São Bento e bem próximo a ladeira Porto Geral)

O Gato que Ri
Criado pelas mãos de Dona Amélia, uma simpática italiana que chegou ao Brasil em 1951 com deliciosas receitas e uma idéia muito original. O Gato que Ri é uma das mais tradicionais e famosas casas de massas de São Paulo e também um marco na história do Largo do Arouche. No Gato – o apelido carinhoso adquirido ao longo dos anos – pode-se conferir toda a qualidade das tradicionais massas feitas artesanalmente na charmosa fábrica anexa ao restaurante. E completam o cardápio ótimas opções de grelhados, peixes e saladas, que assim atendem a todos os paladares da exigente clientela. Aos sábados, o Buffet de feijoada faz sucesso!

           o-gato-que-ri1 o-gato-que-ri2 o-gato-que-ri3

Horário de Funcionamento: Domingo a Quinta-feira: das 11h as 24h e Sexta-feira e Sábado: das 11h as 1h.
Localização: Largo do Arouche, 37 / 41 – Próximo a estação República do metrô

Bar da Onça
Localizado no histórico Edifício Copan, o Bar da Dona Onça tem diferentes influências do Brasil. Desde petiscos sofisticados à pratos inusitados, como a Mini Rabada, a Fritada do Mar e Rio que leva camarão, peixe e lula, a Rabada de Boi, com polenta e agrião, além dos pratos do dia, como o Frango com Quiabo e lanches rápidos como o Hambúrguer de Foie Gras. Chamada de Trio Elétrico, a sobremesa da casa leva quindim, pudim de leite e brigadeiro mole e mini churros com doce de leite.

           bar-onça bar-onça2 bar-onça3

Horário de Funcionamento: De segunda a quarta das 12h – 23h, De quinta a sábado das 12h – 00h e Domingos das 12h – 17h
Endereço: Avenida Ipiranga, 200 – Lojas 27/29 (Edifício Copan) – República

Acrópoles Grego
Inaugurado em 1959 e cravado em pleno comércio do Bom Retiro, sua entradinha não chama atenção mas o Acropoles é um achado do centro. Com seus pratos tipicamente gregos, tudo é regado com muito azeite e com um sabor inigualável. Não deixe de pedir a entradinha mágica (patês, pãozinho, lula, azeitonas e muito azeite grego! O restaurante não tem cardápio, você vai até a cozinha do restaurante e escolhe o que quer comer. Para finalizar, a vitrine com doces é tentadora.

           acropoles-restaurante acropoles-restaurante2 acropoles-restaurante3

Horário de Funcionamento: 2ª a domingo – 07h30 às 22h30
Localização: Rua da Graça, 364 – Bairro: Bom Retiro

Hong Le e Chifu
São duas as opções que mais agradam os clientes, o Rong He e o Chifu. Com casas bem lotadas e com grandes filas de espera, esses dois restaurantes são bem parecidos, no clima “sujão chinês”, eles servem generosos pratos típicos com preços bem bacanas. O Rong He já ficou famoso pela arte de fazer macarrão, pela vitrine da cozinha, o chinês abre o macarrão na mão até levar para panela, uma atração a parte!

           chifurestaurante chines-centro-sp restaurante-hong-he

Rong He
Horário de Funcionamento: Seg.: 11:30 às 22:30, Ter. a Sex.: 11:30 às 23h e Sab. e Dom.: 11:30 às 22:30.
Localização: Rua da Glória, 622

Chifu
Horário de Funcionamento: De segunda a sexta, das 11h – 16h, Sábado e domingo das 11h – 17h. Obs.: Funciona também das 18h00 às 22h00.
Localização: Praça Carlos Gomes, 200

Raful Árabe
Imigrante libanês Raffoul Boutros Doueihi abriu o restaurante árabe ao lado do irmão Tannous Doueihi e fez da pequena casa vizinha à Rua 25 de Março um sucesso de público. Em 1982, o estabelecimento mudou-se para um imóvel maior. Preparadas diariamente, as esfihas abertas de carne são o carro chefe da casa. A casa oferece rodízio.

           raful-arabe-centrosp2 raful-arabe-centrosp3 raful-arabe-centrosp4

Horário de Funcionamento: Seg a Sexta das 7h as 18h e Sábados das 7h as 16h
Localização: Rua Comendador Abdo Schahin, 118

Famiglia Mancini
Em 2007 nasce a primeira rua revitalizada do centro de São Paulo. A rua Avanhandava ganhou formatos, personalidade e muito charme. É nesse local que ficam os restaurantes da Famiglia Mancini, restaurantes com inspiração das tradicionais cantinas do Brás, com direito a comida da “mamma”, preparada pela própria, Dona Marianina. O uso de ingredientes selecionados garante o sabor especial, que aliado ao clima do ambiente decorado, transporta os visitantes para um pedaço da Itália que habita as raízes de São Paulo.

           mancini-restaurante mancini-restaurante1 mancini-restaurante2

Horário de Funcionamento: De domingo a quarta, das 11:30h à 01h. Quinta, das 11:30h às 02h. Sexta e sábado, das 11:30h às 03h.
Localização: Rua Avanhandava

Terraço Italia
Apreciar a vista em 360º de São Paulo não é para qualquer um, certo?! Quem visita o terraço Itália, comandado pelo chef Pasquale Mancini aprecia não só os deliciosos pratos mas fica deslumbrado com o visual do 42° andar do prédio. O cardápio inclui massas como o ravióli de espinafre recheado de queijo brie com pistache ao molho de damasco. No almoço de sábado oferece bufê de feijoada e aos domingos, de receitas italianas.

           terraco-italia-sp terraco-italia-sp4 terraco-italia-sp5

Horário de Funcionamento: Segunda a quinta (12h – 15h e 19h – 00h), Sexta (12h – 15h e 19h – 01h), Sábado (12h – 16h e 19h – 01h) e Domingo (12h – 16h e 19h – 23h.
Localização: Avenida Ipiranga, 344 – 41º e 42º andares

Ramona
Inaugurado em julho de 2012, o Ramona traz para o centro de São Paulo uma opção de restaurante descolado, com pratos contemporâneos, entradas singulares e sobremesas inesquecíveis.De quarta a sábado, a cozinha funciona até 2h da manhã e, na segunda e na terça, até meia-noite. Sem falar que as caixas de som tocam o melhor rock da cidade! Além disso, um piano está à disposição dos clientes que quiserem tocar.

           ramona ramona4 ramona5

Horário de Funcionamento: Segunda a Sexta 12h-15h / Sábado 13h-16h e Jantar: Segunda e Terça 20h-0h / Quarta a Sábado 20h-2h
Localização: Av. São Luís, 282.

Que tal? Qual opção você vai conhecer primeiro?

Compartilhe:

A banda britânica Yes vem ao Brasil e tocará na íntegra três álbuns, “The Yes Album”, “Close To The Edge” e “Going For The One”.

Quando
24/05/13 – sexta-feira – São Paulo
25/05/13 – sábado – Rio de Janeiro

Horário
22h

Local
HSBC Brasil – São Paulo/SP
Vivo Rio – Rio de Janeiro/RJ

Ingressos para São Paulo
Camarote: R$ 380,00
Frisa: R$ 300,00
Cadeira Alta: R$ 280,00
Setor Vip: R$ 350,00
Setor 1: R$ 300,00
Setor 2: R$ 270,00
Setor 3: R$ 180,00
Setor 4: R$ 100,00

Por telefone: 4003-1212, das 9h às 22h
Pela internet: www.ingressorapido.com.br
PDV´s: Ingresso Rápido

Ingressos para Rio de Janeiro
Camarote A: R$ 300,00
Camarote B: R$ 230,00
Frisas: R$ 250,00
VIP Premium: R$ 300,00
Setor VIP: R$ 230,00
Setor 1: R$ 200,00
Setor 2: R$ 160,00
Setor 3: R$ 100,00
Pontos de Venda

Bilheteria oficial: das 12h às 21h
Por telefone: 4003-1212
Pela internet: www.ingressorapido.com.br
PDV´s: Ingresso Rápido

Quem gosta?!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe: