É impressionante como a cada dia percebo que as doenças mentais estão mais presentes no nosso dia a dia.  O mais impressionante é que a falta de orientação e o preconceito são – ainda – os principais motivos para um tratamento tardio (ou até mesmo um não tratamento). O número impressiona, de cada 100 pessoas, 20 sofrerão de algum tipo de doença mental, ou seja 20%.  Hoje a depressão é o segundo maior problema de saúde pública no mundo, de acordo com dados da OMS [Organização Mundial da Saúde].

Lógico que a falta de uma rede especializada não nos ajuda. No Brasil, os cuidados com a saúde mental no sistema público sofreram uma reforma que começou há quase 20 anos mas ainda insuficiente.

Segundo a Associação Brasileira de Psiquiatria, transtornos mentais são a segunda causa dos atendimentos de urgência – 16% dos pacientes atendidos apresentaram transtornos mentais e do comportamento.

doenças-mentais-01

CONHEÇA AS PRINCIPAIS

Depressão: A Depressão é uma doença caracterizada pela presença de humor depressivo (tristeza) e perda de prazer nas atividades do dia a dia. Nesta doença são frequentes os sintomas de menos valia, diminuição da autoestima e alteração na auto-imagem. O Tratamento é a base de medicamentos e psicoterapias.

Distúrbio de ansiedade generalizado ou Perturbações de Ansiedade: caracterizado pela presença de ansiedade e preocupação excessiva e incontrolável, pela presença de sintomas de pânico ou pelo aparecimento de sintomas e doenças físicas relacionadas com a ansiedade. Tratamento varia do nível, que pode ser a base de ansiolíticos ou psicoterapia.

Uma crise de pânico: é um período de medo ou desconforto intenso. Os sintomas variam de sensação de morte iminente, palpitações, taquicardia, suores, tremores, dificuldade em respirar, sensação de sufoco e desconforto ou dor no peito. Tratamento depende no grau da doença, que vai de terapias até medicação.

Transtorno Bipolar: é uma doença caracterizada pela presença de dois pólos opostos – a Mania e a Depressão. No pólo depressivo o doente encontra-se triste, sem energia, sem vontade e muitas vezes isola-se. No pólo maníaco o doente apresenta o oposto, euforia, agitação, perda da necessidade de dormir, desinibição e tem muitas ideias. O tratamento é a base de antidepressivos e/ou remédios estabilizadores de humor.

Esquizofrenia: é uma doença caracterizada pela presença de sintomas psicóticos e por uma multiplicidade de sintomas que refletem um vasto leque de disfunções cognitivas. Possui diversos graus, o mais brando é caracterizado pela perda de realidade (financeira, por exemplo) até sintomas como alucinações e delírios. Tratamento é a base de medicamentos antipsicóticos e psicoterapia.

Se você conhece alguém com esses sintomas, ajude! 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *