No dia 21 de Junho de 2015 foi comemorado o primeiro Dia Internacional do Yoga. A data foi instituída pela ONU com objetivo de “conscientizar sobre os benefícios do Yoga para um melhor estilo de vida individual e para desenvolver a saúde global”.

OM – SÍMBOLO YOGA

Não conhecia muito sobre a prática, porém muitas pessoas do meu convívio são praticantes e são completamente apaixonadas. Quando vi a data comemorativa, resolvi procurar um pouco mais sobre o assunto, conversar com amigos e trazer uma visão mais abrangente aqui. Falar de Yoga é bastante complexo, não entrarei em termos mais específicos, mas sim linhas gerais do seu objetivo e benefícios.

A origem do Yoga é indiana, é considerada uma filosofia de vida, relacionada ao budismo e hinduísmo. O Yoga trabalha o corpo e a mente através de práticas de exercícios e meditação.

Os benefícios do Yoga são em várias frentes: física, mental, emocional e espiritual. O Yoga ajuda as pessoas encontrarem a paz espiritual, a agirem de acordo com suas emoções e sentimentos, através de profunda meditação, relaxamento da mente e concentração. Além de proporcionar fortalecimento corporal e desenvolvimento da flexibilidade. Melhora também o sistema imunológico, diminui o estresse e a ansiedade. O meu resumo da ópera: o Yoga proporciona o equilíbrio entre corpo e mente.

Existem diversos ramos do Yoga e cada um deles possui uma ênfase e atividades diferentes para a prática. Alguns desses ramos são: a raja-ioga, carma-ioga, jnana-ioga, bacti-ioga e hata-ioga. Caso se interessem, sugiro que procurem profissionais especializados e a linha que mais se identificam.

Colhi um depoimento super bacana da minha amiga Rosana sobre a prática do Yoga. Inspirem-se:

“Confesso que o Yoga foi um divisor de águas em minha vida. A prática do Yoga vai muito além dos ásanas (posturas) esteticamente bonitos. O Yoga mexe com o nosso “eu” interior e a cada prática eu me conheço mais. Yoga também é auto-conhecimento, isso fez e faz toda diferença em minha vida, principalmente nesse mundo caótico em que vivemos, a cada prática de Yoga busco esse equilibro e sinto a diferença no meu dia-a-dia”.

POSTURAS YOGA - ROSANA LIMA

POSTURAS YOGA – ROSANA LIMA

Ontem me matriculei em uma academia que possui algumas aulas de Yoga em seu “cardápio” de atividades, estou super motivada para testar! E vocês, conhecem ou praticam? Contem aqui para a gente! :)

Compartilhe:

Dia da Saúde e Nutrição, será comemorado amanhã no dia 31 de Março no Brasil, esta data tem como intuito a conscientização da população para que reflitam sobre sua própria saúde e seus hábitos alimentares.

dia-mundial-saude-vida-qualidade

Para ajudá-los a dar o pontapé inicial nas pequenas mudanças que podemos realizar para nos inserir numa rotina mais saudável, seguem 10 dicas que podem trazer grandes benefícios:

1. Coma com intervalos de 2 a 3 horas ao dia. Esta prática ajuda na aceleração do metabolismo, evitar os ataques de fome, manter os níveis de energia altos, evitar a desnutrição dos músculos e diminuir o armazenamento de gordura. Distribua as refeições de 4 a 6 vezes ao dia, priorizando uma dieta balanceada e fazendo escolhas saudáveis.

2. Mastigue devagar. Dentre os muitos benefícios, os mais importantes estão relacionados à melhor a digestão, à absorção de nutrientes pelo organismo, ao estímulo do centro da saciedade, além da prevenção de doenças e evitar desconfortos gastrointestinais.

3. Beba no mínimo 2 litros de água por dia. A água tem um papel essencial no nosso organismo, ela é utilizada na digestão para absorção e transporte de nutrientes. O consumo adequado traz inúmeros benefícios, como o bom funcionamento da função intestinal, mantém a pele macia e hidratada, diminui a celulite, etc.

4. Durma no mínimo 7h diárias. O sono está relacionado à manutenção e conservação de energia, ao amadurecimento do sistema nervoso central, ao fortalecimento do sistema imunológico, à secreção e liberação de hormônios (muitos relacionados aos que auxiliam na perda de peso), além de outras funções.

5. Consuma açúcar e sal com moderação. O açúcar se transforma em gordura no organismo e o sal causa retenção hídrica.

6. Controle o consumo de massas, pães e farináceos. Os carboidratos simples são absorvidos rapidamente pelo organismo, portanto a sensação de fome novamente também é muito rápida, o consumo em excesso destes alimentos são transformados em gordura que é armazenada pelo corpo. Faça a troca pelos carboidratos complexos, que tem uma absorção mais lenta pelo organismo e promovem a saciedade por um tempo prolongado, além de serem ricos em nutrientes. Exemplos: cereais integrais, leite desnatado, etc.

7. Aumente o consumo de fibras na dieta, principalmente através de verduras e frutas. Elas auxiliam na diminuição do colesterol LDL, dão a sensação de saciedade prolongada e ajudam a função intestinal (importante tomar muita água, senão o efeito pode ser contrário).

8. Controle o consumo de bebidas alcoólicas. Além de ser muito calórica e prejudicar a perda de peso, o consumo do álcool em excesso está ligado a várias doenças, dependência, efeitos colaterais, desidratação e muito mais.

9. Pratique exercícios físicos. Não é preciso ser um atleta para manter a saúde em dia, estudos indicam que caminhar em torno de 30 minutos ao menos 4 vezes por semana, é o suficiente para manter a saúde (não um corpo sarado e aptidão física). Esta prática ajuda a melhorar o sistema cardiorrespiratório e vascular, controle do colesterol e pressão alta, auxilia na perda de peso, etc.

10. Esteja com os exames em dia. Homens e mulheres, especialmente após os 35 anos, devem realizar exames anuais para ter um diagnóstico quanto às funções do organismo, a fim de prevenir e tratar doenças.

Lembrando que estas dicas não eliminam o acompanhamento regular com seus médicos e nutricionistas!

Grandes mudanças começam com pequenas atitudes! Vamos começar?

Compartilhe:

A febre que inundou inúmeras academias e incentivou a abertura de várias especializadas nesta modalidade. Mas afinal, o que é o CrossFit?

elis-01

O CrossFit é inspirado em treinamentos de força utilizados pelo exército americano, academias de polícia, força tática, atletas, etc. Tem como objetivo melhorar a resistência cardiorrespiratória e muscular, força, flexibilidade, potência, velocidade, coordenação, agilidade, equilíbrio e precisão. Não há restrição de idade nem de nível físico.

Os treinos duram em média de 50 a 60 minutos por dia, realizados em espaços livres onde todos os alunos realizam o mesmo número de séries e de repetições de exercícios, que devem ser realizados de forma rápida para que a carga intensifique mais a definição muscular.

Os exercícios são realizados com o auxílio de acessórios para musculação, como pesos, barras, bicicleta, cordas, elásticos e outros. Todo treino deve ser acompanhado por um instrutor habilitado.

Todas as academias do mundo que utilizam a marca Crossfit, realizam os mesmos treinos diariamente. Os treinos são baseados em três modalidades: Levantamento de peso olímpico (controle de cargas externas), Ginástica Olímpica (movimentos com o peso corporal) e Atletismo (condicionamento metabólico).

Conversei com meu amigo do trabalho, Luiz Clemente, que pratica o CrossFit. Segue um trecho de seu depoimento quanto à modalidade:

“Comecei o CrossFit em Novembro/14 na Crossfit 79, antes disso participei de uma preparação, o fasttrack, lá mesmo no Box (modo como chamam a academia focada em Cross). Basicamente são 12 aulas preparatórias onde são trabalhados alguns pontos, como técnicas básicas e condicionamento físico para ingresso no CrossFit. Até o  momento perdi 12kg e tenho sentido no dia a dia a evolução dos meus resultados, tanto na capacidade de realizar exercícios mais complexos, como no próprio desempenho durante os WOD (Workout of the Day – treino do dia).

Além disso no final de Janeiro/15 entrei para o programa Entrando nos Eixos, promovido pelo blog da Seconds Eventos, empresa que sou sócio. Eu e o Leonardo Ramos competimos saudavelmente em busca do peso ideal. Semanalmente são postados nossos resultados, bem como curiosidades sobre nosso cotidiano rumo ao corpinho esbelto..rs!”.

Conheça a Seconds Eventos, essa competição mais que saudável e acompanhe os treinos e a evolução do Luiz através do Entrando nos Eixos: www.secondseventos.com.br
Nunca inicie alguma nova modalidade de exercícios, sem consultar profissionais especializados no assunto, além de estar com seu check up em dia!
Gostou? Procure uma academia especializada na modalidade e faça uma aula experimental!
Compartilhe:

Enquanto a Bruna não volta de férias, peguei a coluna dela para contar uma experiencia que tive recentemente. Minhas cunhadas me convidaram para uma aula que prometia emagrecer, tonificar, chapar o abdômen e que era muito divertida! Não resisti e fui conferir. Chegando no endereço e horário combinado, me deparei com barras de ferros… sim, era uma aula de Pole Dance!

pole-dance

O preconceito com aulas de pole dance ainda existe. Uma grande bobeira ou dor de cotovelo. #beijinhonoombroproreclaquepassarlonge

Mas enfim… a aula pode até parecer fácil, mas não é. Hematomas nas iniciantes é normal, mas é realmente muito divertido e principalmente, eficaz. Emagrece, define a musculatura, melhora o equilíbrio, deixa o abdome chapado, pernas torneadas, braços firmes, autoestima lá no alto e melhor resistência e ainda mais sensual. Melhor, impossível, não é? O pole dance é uma dança que permite movimentos em torno de uma barra vertical. A modalidade possui duas opções:

–> pole dance performático, que aceita a dança de maneira sensual e acrobática, e

–> pole dance fitness, que trabalha toda a musculatura do corpo, tonificando os músculos, reduzindo a gordura e ganhando massa magra.

O pole dance desperta a feminilidade e ajudar a perder até 500 calorias por hora. Além de deixar o corpo mais definido, o pole dance também ajuda a aumentar autoconfiança. Perde-se gordura e ganha massa magra, além de deixar a aluna mais segura e menos tímida. É uma atividade prazerosa, divertida e estimulante.

IMPORTANTE. Qualquer pessoa pode praticar pole dance? Quem tem alguns problemas pré-existentes (contusões, complicações nas articulações, etc) deve realizar uma avaliação médica. Quem tem labirintite, hérnia de disco, ou problemas na coluna deve evitar o pole dance.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe: