Dia 7 de Setembro, Dia da Independência do Brasil, nada mais justo que um post relacionado a este feriado nacional!

Não vou me estender muito na história, mas sim apresentar a vocês, uma opção de lazer, principalmente para o dia de hoje e para os moradores/visitantes da Cidade de São Paulo. Se não programou nada, o Parque da Independência é opção bacana, que agrega cultura e saúde.

Vista Aérea do Parque da Independência

Vista Aérea do Parque da Independência

No dia 07 de Setembro de 1822 foi declarada a Independência do Brasil por D. Pedro I, que proferiu o Grito do Ipiranga às margens do Riacho do Ipiranga. Em homenagem a este marco histórico, foi tombado o Parque da Independência. Na área do parque está a Casa do Grito, o Monumento da Independência e Cripta Imperial, o Museu Paulista e o Museu de Zoologia (USP).

O parque é dividido em duas partes, já que uma rua o corta ao meio. Na parte mais abaixo, está localizado o Monumento da Independência e a parte acima, o Museu do Ipiranga. Nesta divisão, também conseguimos dividir os grupos de esportistas.

Na parte abaixo, encontramos muitos skatistas com seus longboards, o Parque oferece uma descida larga, não muito inclinada, mas perfeita para prática do esporte devido as condições do asfalto.

virada-esportiva-parque-da-independencia

Na parte acima, encontramos os corredores e praticantes de caminhadas. Atrás do Museu, há uma pista de cooper, não muito extensa, porém bastante arborizada que permite caminhar ou correr curtindo um visual muito agradável.

IMG_1621-e1390825650505

O parque também oferece aparelhos de ginástica e playground. Um dos pontos legais, é que é possível entrar com cachorros. Ou seja, o parque atende a todos os públicos, até mesmo os caninos.

Curtiu? Veja onde está localizado e horário de funcionamento:

Endereço: Av. Nazareth, s/n – Ipiranga
Horário: diariamente das 5h as 20h
Telefone: (11) 2273-7250

Compartilhe:

E junho chegou! \o/ Mês das Festas Juninas, deliciosa tradição aqui do nosso Brasil! 😀  Para comemorar, trouxe a programação de festas bacanérrimas que acontecerão em São Paulo nesse mês. Coloque na agenda e aproveite!

Arraial no Museu
O Museu da Casa Brasileira apresenta a 3ª edição do Arraial no Museu nos segundo fim de semana do mês. A festa terá comidas típicas de São João, como canjica, curau, quentão e vinho quente! Para as crianças, brincadeiras tradicionais e para que gosta de dançar, vai ter quadrilha! A música fica por conta de Bicho de Pé, Raízes de Atibaia, Carlinhos Antunes e Quinteto Mundano.

  • Quando: Dias 13 e 14 de junho
  • Onde: Av. Brigadeiro Faria Lima, 2705 – Jardim Paulistano
  • Quanto: gratuito – entrada sujeita à lotação do espaço
Arraial no Museu - Foto: Mariana Chama

Arraial no Museu – Foto: Mariana Chama

 

Festa Junina da Portuguesa
A tradicional Festa Junina da Lusa trará atrações musicais diversificadas, como o sertanejo das duplas Victor & Léo e João Bosco & Vinicius, o pagode de Péricles e da Turma do Pagode e o funk de Anitta e MC Gui. Confira a programação no site da Lusa.

  • Quando: De 30 de maio a 12 de julho
  • Onde: Rua Comendador Nestor Pereira, 33 – Canindé
  • Quanto: de R$30 a R$80 – Ingressos podem ser adquiridos pelo site.
Festa Junina da Lusa

Festa Junina da Lusa

 

São João de Nóis Tudim 
Todos os sábados e domingos de 13 a 28 de junho, o Centro de Tradições Nordestinas promete uma tradicional festa nordestina de São João! O evento terá comidas representando todos os estados do Nordeste Brasileiro e muito forró e danças típicas. Confira a programação no site da CTN.

  • Quando: De 13 a 28 de junho
  • Onde: Rua Jacofer, 615 – Jardim Pereira Leite
  • Quanto: entrada gratuita
São João de Nóis Tudim

São João de Nóis Tudim

 

Festa Junina Pinheiros 2015
Uma das festas mais famosas da Zona Oeste da capital, a Festa Junina do Clube Pinheiros traz nos seus 4 dias de festa diversas atrações musicais, com destaque para Bicho de Pé, Paula Fernandes e Munhoz e Mariano.

  • Quando: Dias 25, 26, 27 e 28 de junho
  • Onde: Rua Angelina Maffei Vita, 493 – Jardim Europa
  • Quanto: ingressos de R$70 a R$110
Festa Junina Pinheiros 2015

Festa Junina Pinheiros 2015

 

Eu adoooro festa junina – quero ir em todas! E vcs? Conhecem mais alguma festa legal para recomendar?
Se você quer planejar sua própria Festa Junina delicinha, aproveite o post cheio de dicas da Mi.
Beijo! :)

Compartilhe:

Hoje, o post é especialmente aos paulistanos ou aos turistas que virão para Sampa no feriadão de 21 de abril.

Como todo mundo sabe, São Paulo é uma cidade que não pára: Exposições, Feiras e Atividades não faltam. Confira algumas dicas de atividades para fazer nesse fds 😉

EXPOSIÇÕES e ATIVIDADES CULTURAIS

3ª Bienal Internacional de Graffiti
1-01

A terceira edição “Bienal Internacional de Graffiti Fine Art”, acontecerá no Pavilhão das Culturas Brasileiras, no Parque Ibirapuera, a partir do dia 18 de abril e fica até dia 19 de maio. E o melhor: Entrada Free.

Alem das obras grafitadas, a exposição terá também murais e quadros pintados com spray, estêncil e pincéis.

Exposição que faz da luz um elemento de arte
2-01

De 14 de abril a 31 de maio, a Expo LUZ, apresenta a transformação da luz como um elemento de arte. São 10 artistas selecionados que exploram a versatilidade da luz como obras de arte.

O objetivo é fazer uso dos diversos recursos e fontes que a luz pode proporcionar. Na rua Artur de Azevedo, 517 – Cerqueira César.

CineParque
3-01

Domingo, 19 de abril ( das 15h as 19h30), a Cinemateca Brasileira estará com o Cine Parque, um projeto cuja proposta é ocupar o espaço público da Cinemateca – os jardins da instituição – abertos a população com cinema.

Cestas de piquenique, toalhas, canga e esteiras são bem vindas!

rodapé3

COMIDINHAS

Restaurant week
4-01

Restaurante Week foi criado em 1990 em Nova York, e tem como objetivo promover um turismo gastronômico, além de contribuir para instituições locais de assistência social. A 16ª edição do festival na capital paulista encerra nesse domingo, dia 19 de abril.

Almoço: R$ 37,90 + R$ 1 para Fundação Cafu, total R$ 38,90
Jantar: R$ 49,90 + R$ 1 para Fundação Cafu, total R$ 50,90

Confira restaurantes participantes: http://restaurantweek.com.br/evento/sao-paulo

Concurso “Mais Amor e Mais Boteco, Por Favor!”
5-01

O Comida di Boteco está de volta em busca dos melhores petiscos. De 11 de abril a 11 de maio, nós podemos votar no mais gostoso 😉

Confira os botecos participantes: http://www.comidadibuteco.com.br/sao-paulo/botecos/

Feirinha Gastronômica inspirada na Turma da Mônica
6-01

Evento comemora os 50 anos da personagem mais gulosa das histórias em quadrinhos, a Magali.

Como parte da celebração de seu aniversário, a personagem ganhou de presente uma Feirinha Gastronômica, que será realizada nos dias 18 e 19 de abril no Jardim das Perdizes, das 11h às 19h, com direito a 23 barracas com diferentes delícias.

Avenida Marquês de São Vicente, 2301 – Barra Funda

Queijaria na Rua (ou melhor, no Beco da Vila Madalena)
7-01

Dia 18, Sabadão, acontecerá a segunda edição “A Queijaria na Rua”, uma feira de degustação e venda de queijos e outros produtos artesanais com preço de fazenda. Essa edição contará com um charme especial: um restaurante ao ar livre e área para piqueniques no Beco do Batman, na Vila Madalena.

Nesta edição, haverá mais de 30 barracas de produtores de 8 estados brasileiros.

Gostou das dicas? Depois conte-nos como foi e bom feriado! 😉

Compartilhe:

O ciclismo é um esporte praticado através de uma bicicleta, surgiu na metade do século XIX na Inglaterra. É um esporte olímpico, está presente em competições como duatlo (corrida e ciclismo) e triatlo (natação, ciclismo e corrida) e possui diversas modalidades.

A bicicleta, além de ser utilizada para esporte, é também um meio de transporte, lazer e atividade física. Seus benefícios, seja como esporte ou condicionamento físico, são incontáveis. Forte aliada no controle do estresse e depressão, favorece o emagrecimento, reduz colesterol e pressão arterial, melhora o sistema cardiorrespiratório, etc.

Há diferentes tipos de bicicleta, de acordo com a modalidade e porte físico, procure um local especializado para auxiliar na escolha. Lembramos que para a prática de quaisquer modalidades, é importante a utilização de equipamentos de segurança.

Poderia me alongar mais, mas consegui um depoimento tão bacana e completo, que com certeza vai ajudar e inspirar muitas pessoas. Conheça a história de Viviane Pereira e sua paixão pelo ciclismo:

Audax4
Prova Audax 2013

  • Início da Prática

Viviane pratica o ciclismo desde 2010, na época aceitou a proposta de comprar a bicicleta de sua roommate nos EUA, para utilizá-la como meio de transporte. Foi a partir daí, que começou a conviver com pessoas que tinham a bicicleta como esporte, despertando seu interesse pela modalidade e então decidiu se dedicar aos treinos de ciclismo.

  • Benefício Social

Além dos benefícios para a saúde física e mental, ela encontrou no esporte a oportunidade de conhecer pessoas. Em 2011, em sua mudança para São Paulo, começou a frequentar um grupo de pedal noturno e dali surgiram amigos que convive até hoje. “Dizem que ninguém faz amigos bebendo leite, fazendo uma relação entre bebida alcoólica e convívio social. Posso dizer que muita gente faz amigo andando de bicicleta…rs”, brinca Vivi.

  • Competições

Até 2012 participou de provas de triatlo e duatlo, como a Copa VO2 de Campos de Jordão e o Circuito Montanhês em Guarulhos. Nos anos de 2013 e 2014 começou a participar de provas de longa distância, mais especificamente, a prova amadora internacional, o Audax. A maior distância que ela conseguiu pedalar foram 400km em 20h51min. Em seu último desafio, que tinha como meta completar 600km, ela tomou a difícil decisão de abandonar nos 411km pedalados, a fim de preservar sua saúde. Atualmente, Vivi começa a se preparar para seu primeiro ½ Ironman, previsto para 2016.

  • Os treinos

Vivi realiza os treinos de ciclismo aos sábados e domingos de 3 a 4 horas de duração, com distancias que variam de 50 a 100km. Durante a semana, treina musculação e corre todos os dias. Ela utiliza a corrida como treino complementar ao ciclismo, pois melhora o condicionamento aeróbico e exige bastante dos músculos da perna. Os treinos são aliados à alimentação balanceada e o mínimo de 7h de sono diário.

  • Dificuldades

Dos maiores desafios em ser ciclista, ela cita a dificuldade de utilizar a bicicleta como meio de transporte devido à intolerância do transito da cidade de São Paulo e recentes relatos de violência no trânsito contra ciclistas. Outro ponto, é a falta de opções para realizar os treinos dentro da cidade, que precisam ser de altas quilometragens (em torno de 90km). Sobrando as estradas, onde há um risco altíssimo de assalto e atropelamento.

Por fim, em 2013 ela teve uma bicicleta roubada e em 2014 foi assaltada em uma estrada próximo a Ribeirão Preto, enquanto acompanhava como equipe de apoio de carro uma prova específica. Mesmo diante da sensação de impotência e insegurança, “o que prevalece é o amor pelo esporte e buscamos algumas alternativas para dar continuidade aos treinos de estrada”, diz Vivi.

  • Dicas

Para os que ainda não se sentem confiantes em andar de bicicleta na cidade de São Paulo, ela indica um projeto super bacana, chamado BIKE ANJO. São ciclistas experientes que auxiliam pessoas que querem aprender a andar de bicicleta com mais segurança pela cidade.

IMG_5001
Áustria – Europa 600km

Conheça mais:
Audax: pt.wikipedia.org/wiki/Audax
Projeto Bike Anjo: bikeanjo.org

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe: