Saímos do Setembro Vermelho para entrarmos no Outubro Rosa! Um mês dedicado à mulher, com objetivo de conscientizar a população feminina quanto a importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama.

O câncer de mama é a forma de câncer mais comum entre as mulheres e no Brasil é a primeira causa de morte entre as mulheres, devido ao diagnóstico tardio da doença.

Pequenas mudanças em nosso estilo de vida podem ajudar na prevenção da doença, além de medidas simples que apoiam o diagnóstico precoce, vejam algumas dicas abaixo:

1. Mantenha uma alimentação balanceada;
2. Pratique exercícios físicos regularmente;
3. Evite o álcool e tabaco;
4. Quando tiver filhos, amamente pelo maior tempo possível;
5. Mulheres na menopausa, devem realizar a reposição hormonal conforme solicitação médica;
6. Faça o auto exame mensalmente ao final do ciclo menstrual;
7. Mulheres acima de 40 anos devem realizar a mamografia anualmente;
8. Consulte ao ginecologista no mínimo uma vez ao ano e não deixe de realizar os exames solicitados.

Como realizar o auto exame:

Várias campanhas e ações estão sendo realizadas nas cidades pelo Brasil, também já encontramos vários monumentos iluminados com a cor rosa em homenagem ao Outubro Rosa. Inclusive, uma das Sete Novas Maravilhas do Mundo, nosso Cristo Redentor, já está iluminado na cor rosa.

Desde o dia 01 até o dia 31 de Outubro, uma carreta equipada para fazer mamografias percorrerá as indústrias da Grande São Paulo para fazer o exame de detecção precoce de câncer de mama. O projeto MUSA (Mulher Saudável) é uma ação da Fiesp.

O Parque do Ibirapuera instalou uma roda gigante iluminada na cor rosa, também haverá uma tenda com materiais e vídeos explicativos sobre o câncer de mama até o dia 12 de Outubro. No dia 12, ao final da campanha, haverá uma caminhada de 3km gratuita pelo parque.

Estes são apenas alguns exemplos das ações realizadas em São Paulo, procure conhecer a programação de sua cidade!

Vamos fazer a nossa parte, aderindo à campanha como disseminadores das informações sobre o Outubro Rosa! :)

Compartilhe:

Todos os anos, sempre ouvimos falar sobre o Outubro Rosa e o Novembro Azul, meses dedicados ao combate e prevenção do câncer de mama e de próstata respectivamente. E o Setembro Vermelho? Não é tão divulgado, mas tão importante quanto.

No próximo dia 29, celebraremos o Dia Mundial do Coração. Em função desta data, o mês foi apelidado como Setembro Vermelho, com objetivo de alertar, diagnosticar, prevenir e orientar sobre Doenças Cardiovasculares.

A cada 1 minuto morre uma pessoa no mundo em decorrência a problemas cardiovasculares. No Brasil, 33% dos óbitos são ligados ao coração.

É comum, consultamos um cardiologista ou realizarmos exames cardiológicos somente quando temos uma queixa ou estamos doentes. Este mês vem de encontro a este fato, com muitas ações focadas na adoçao de hábitos saudáveis e de visitas aos cardiologistas como parte de sua rotina.

E o que podemos fazer para cuidar do nosso coração? Fiquem atentos aos pontos abaixo, sabemos que muitos fatores como obesidade, colesterol alto, hipertensão e estresse contribuem para problemas do coração:

1. Considere seu histórico familiar;

2. Mantenha um peso saudável;

3. Evite o consumo do tabaco;

4. Pratique exercícios físicos regularmente;

5. Consuma o sal com moderação;

6. Evite alimentos gordurosos;

7. Procure controlar o estresse.

Alguns exames que apoiam o diagnóstico de doenças cardíacas são: eletrocardiograma, ecocardiograma, teste ergométrico, holter, etc.

O Instituto Lado a Lado pela Vida é uma instituição brasileira sem fins lucrativos, que desenvolve conceitos e projetos, além de apoiar e implantar ações voltadas ao campo da humanização em saúde e da atenção integral ao cidadão em diferentes fases da vida. Em 2014, a instituiçao criou a campanha Setembro Vermelho – Siga seu Coração que promove diversas ações em várias cidades do Brasil.

Clique aqui para conhecer mais detalhes sobre a campanha e dos eventos programados.

Vamos escutar o nosso coração! ❤

Compartilhe:

Clima mais frio, temperaturas caindo, inverno chegando e a gripe também!

Resolvi postar sobre gripe, porque estou com uma horrenda, mesmo tendo tomado a vacina há pouco tempo! A Campanha Nacional de Vacinação se encerrou em 22 de Maio, em alguns Estados em 05 de Junho. No sistema público, a vacina é distribuída para um grupo específico, porém é possível toma-la em clínicas particulares particulares.

O que é a gripe?

É uma doença respiratória causada pelo vírus influenza e os sintomas são:  febre acima de 38°, dores de cabeça e no corpo, mal estar e fraqueza. Outros sintomas possíveis são tosse, inicialmente seca, dor de garganta e coriza.

Os sintomas podem se estender até aproximadamente uma semana e seu estágio mais grave é a pneumonia. Há outros tipos de gripe como a suína e a aviária, ambas requerem mais cuidados.

A gripe é tratada geralmente com analgésicos, antitérmicos, repouso e hidratação. Temos costume de nos auto medicar, mas é importante procurar um médico para tomarmos os medicamentos corretos para não nos prejudicarmos e não deixarmos o quadro evoluir. Alguns casos de gripe e pneumonia podem levar a óbito.

O resfriado tem semelhanças com gripe, porém tem causas e tratamento diferentes, a figura abaixo ajuda a diferenciar. Mas na dúvida: médico!

380167_387472524656744_572621970_n

Prevenção e Cuidados

Reforçando a figura acima:

1. A vacinação é a melhor forma de se prevenir, ela tem 90% de eficácia em pessoas saudáveis;

2. A higiene é bastante importante, como manter as mãos sempre limpas lavando-as com água e sabão. Use também o álcool em gel;

3. Evite lugares muito cheios e contato com pessoas contaminadas (cuidado ao compartilhar talheres e copos);

4. Sempre cubra a boca ao tossir e nariz ao espirrar, principalmente se estiver infectado;

5. Melhore os ambientes arejados;

6. Mantenha hábitos saudáveis: coma bem, durma bem e faça exercícios.

Espero que a minha gripe passe logo e que neste inverno vocês passem ilesos! Amém…rs

Compartilhe:

Falar em saúde, não é só se manter em forma, então hoje vou trazer um assunto importante e alarmante principalmente no estado de São Paulo: a Dengue! A crise hídrica tem contribuído para este quadro, devido à água que os moradores estão estocando incorretamente nas residências.

Antes era raro encontrar alguém que já teve dengue, hoje em dia é comum ter alguém do seu convívio com a doença. Eu mesmo, posso citar ao menos 5 casos de amigos/familiares que sofreram com a doença nos últimos meses, eu também tive uma suspeita e até provavelmente a tive em um grau leve.

Em São Paulo, estamos sofrendo um surto, já são aproximadamente 220.000 casos de pessoas que foram infectadas e em torno de 100 mortes no Estado.

A Dengue como doença se dá através do mosquito transmissor Aedes aegypti. Já existem quatro tipos diferentes de vírus: DEN-1, DEN-2, DEN-3 e DEN-4.

Aedes-aegypti

Os sintomas mais conhecidos da Dengue Clássica são: febre alta, fraqueza, dor de cabeça, dor no corpo e nas juntas, dor no fundo dos olhos, SEM resfriado ou coriza. Estes sintomas, acrescidos de dor abdominal contínua, suor intenso e queda de pressão podem caracterizar a Dengue Hemorrágica. A presença de dois sinais combinada com febre alta é indicação para procurar o serviço médico.

sintomas

Não espere apenas que o Governo tome medidas cabíveis quanto a propagação da dengue, faça sua parte! A gente ajuda você com alguns dicas de como eliminar os pontos de acúmulo de água e que servem de criadouro para o mosquito em nossas residências:

  • Pratos de vasos de plantas devem ser preenchidos com areia;
  • Tampinhas, latinhas e embalagens plásticas devem ser jogadas no lixo e as recicláveis guardadas fora da chuva;
  • Latas, baldes, potes e outros frascos devem ser guardados com a boca para baixo;
  • Caixas d’água e reservatórios de água devem ser mantidos fechados com tampas íntegras sem rachaduras;
  • Piscinas devem ser tratadas com cloro ou cobertas;
  • Pneus devem ser furados ou guardados em locais cobertos;
  • Lonas, aquários, bacias, brinquedos devem ficar longe da chuva;
  • Entulhos ou sobras de obras devem ser cobertos, destinados ao lixo ou “Operação Cata-Bagulho”;
  • Cuidados especiais para as plantas que acumulam água como bromélias e espadas de São Jorge, ponha água só na terra.

Compartilhe as informações com amigos e familiares, juntos podemos fazer melhor!

dengue-nao

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe: